Translator

terça-feira, 19 de agosto de 2008

OI PORTUGUESES ESTÂO AÍ OS "CENTROS PALRATÓRIOS"!

Os 150 mil empregos para os portugueses estão no caminho certo! A crise não tarda a ser vencida e: "oi portugueses vai haver trabalho para todos!" Últimamente temos ouvido os continuados ´"delírios" do PM José Sócrates na questão de empregos para os portugueses. Nos parece que a crise está fora de questão com os apregoados computadores que vão ser oferecidos e os vendidos ao preço da "uva mijona" e agora o "centro palratório", anunciado ontem para Santo Tirso. Os computadores (brinquedos) que José Sócrates anunciou que seriam totalmente produzidos em Portugal, quando de facto o não são, mas montados. Os componentes, de montagem, vão chegar da China, Vietname, Índia ou de outro país onde a mão de obra é barata e ponto final. Depois, aqueles computadores, suceptíveis a avarias constantes; isso não se repara e será para aumentar o "lixeira" electrónica portuguesa. Não nos vamos alongar nos "bons ofícios" que esses computadores poderão produzir para o desenvolvimento económico de Portugal, porque os "miúdos" que os vão utilizar (com a tão apregoada "banda larga") desviam-se para outros caminhos e não para os utilizarem como instrumentos que os possa cultivar. Os outros caminhos e invenções americanas são: " o Hi5, o Zorpia, o MSN e sabemos lá que mais e de que muitos "palratórios", via internet, onde os jovens se viciam, nessa droga e mandam as suas instruções colher "malvas". Agora com o "centro palratório" em Santo Tirso e outros que se seguem vão ser a luz ao fundo túnel para que Portugal saia da crise de desemprego e tudo, no futuro, vai correr sobre rodas excelentemente, bem untadas. Seria tempo que o PM José Sócratres se deixasse de "babelar" aos cidadãos deste país, porque desde que assumiu o cargo nunca parou de ser um mau vendedor de feira de "banha de cobra" que remedeia mas não satizfaz. Ontem tivemos os aeroportos, depois os negócios da China, da Venezuela, os computadores etc.etc, e agora os "centros palratórios". Nos parece que José Sócrates não larga o "palratório" como as mulheres do soalheiro gostam do abrigo ao sol onde a má língua pouco afecta ou faz mossa,,, Mas o "palratório" do PM José Sócrates prejudica 10 milhões de portugueses e não pára de "babelar" como julgando que os portugeses são de "lá de xima", da "santa terrinha" ou noutros termos, pejorativos, a "terra da coina".
José Martins

Sem comentários: